Somos corpo, mente, alma e sobra

Durante um café com uma amiga, comentei que faço meu planejamento pessoal anual pautado para atender meu corpo, mente, alma e sombra.

Ela quis saber mais e a conversa ficou intensa quando ela me questionou sobre sombra. O que entendo por sombra? O que considerei no meu planejamento?

Nossas interpretações com relação a ela são diferentes e por isso valeu a discussão, pois pude conhecer um outro ponto de vista e me aprofundar mais sobre este tema tão importante.

Como interpretamos a sombra

As duas foram bem diretas e simples nas suas interpretações.

Minha amiga descreveu a sombra como tudo aquilo que sentimos quando somos atacados ou contrariados e, por educação, escondemos debaixo do tapete. Ou engolimos o sapo como preferir.

Eu descrevi como condições inerentes ao ser humano, e por isso que a listo no meu planejamento, mas que são inconscientes, e se revelam, normalmente de forma maldosa e maliciosa.

Ambas concordaram que deve ser encarada de frente e trabalhada para que não se transforme num desequilíbrio emocional, podendo até resultar numa doença física.

“Achometros” a parte, resolvi rever o conceito de sombra

Aprendi sobre sombra com Deepak Chopra e Ken Wilber, então voltei a folhear meus livros.

Para resumir o conceito, a melhor descrição da natureza da sombra vem de Sigmund Freud:
“Impulsos e sentimentos inaceitáveis são reprimidos e excluídos da percepção consciente, onde moldam sub-repticiamente a sua vida.”
(*) sub-repticiamente = forma disfarçada ou escondida; disfarçadamente; dissimuladamente

Ter um lado sombrio não é possuir uma falha, é ser completo

Todos temos um lado sombrio, faz parte do que somos e está no inconsciente coletivo.

Normalmente cobrimos a sombra, ou nossos piores e destrutivos impulsos com o que Deepak Chopra chama de Névoa da ilusão.

Considere que a sombra é ardilosa e procura, além de se esconder, dividir. A sombra é o impulso de separação ao oposto Divino que é de união.

O segredo está na consciência superior

Qualquer coisa que o mantém inconsciente é resultado da sombra, porque ela é o esconderijo da dor e do estresse.

Ela se expressa de forma distorcida e pouco saudável, o que chamamos de neuroses.
Só há uma forma de abordar a sombra, ampliando nossa consciência para níveis cada vez mais superiores.

Caso você aborde a sombra de forma superficial, ela sempre persistirá.

“A sombra é inconsciente, porque a reprimimos, são os aspectos de nós mesmos que desprezamos, rejeitamos, negamos, escondemos de nós mesmos, projetamos nos outros ou não reconhecemos de uma maneira ou de outra.”

Deepak Chopra

Nossas neuroses

O livro Dores da Alma de Francisco Espírito Santo as neuroses, ou sombras, são relacionadas com os “sete pecados capitais” que o autor sutilmente chama de “as dores da alma”.

São elas:
• Orgulho
• Preguiça
• Raiva
• Inveja
• Gula
• Luxúria
• Avareza

Considerando que os “pecadores” precisam mais de autoanálise, reparação e tratamento do que condenação, repressão ou castigo.

Quem tem um mínimo de clareza identifica estas sombras em si e busca o equilíbrio, reconhecendo e trazendo a luz.

No livro, que é ditado pelo espírito de Hammed, outras dores, além dos pecados capitais, são tratadas:

• Crueldade
• Irresponsabilidade
• Crítica
• Ilusão
• Medo
• Preocupação
• Vício
• Solidão
• Culpa
• Mágoa
• Egoísmo
• Baixa estima
• Rigidez
• Ansiedade
• Perda
• Insegurança
• Repressão
• Depressão
• Dependência

Conseguiu identificar alguma pitada de algo em você?

Caso positivo, como resolver isso?

Reconhecer sua sombra e tratá-la o coloca como ser integral em busca de equilíbrio.

A sombra expressa seu poder fazendo com que a escuridão se pareça com a luz

A sombra contamina o mundo com guerras e violência e as pessoas com medo e dor.

Segundo Deepak Chopraa em O Efeito Sombra, ninguém pretende aumentar o poder da sombra, mas faz de forma recorrente quando:

1. Mantém segredos de você mesmo e de outros
2. Fomenta culpa e vergonha
3. É injusto com você mesmo e com os outros
4. Precisa de alguém para culpar
5. Ignora as próprias fraquezas ao criticar os que estão à sua volta
6. Separar-se dos outros
7. Lutar para manter o mal contido

Como escapar da sombra?

Precisamos desfazer esta repressão e reintegrar a sombra com objetivo de melhorar a saúde e clareza psicológica.

Gastamos muita energia escondendo a sombra, podemos usar para nosso crescimento e transformação.

Fazendo escolhas opostas:
• Pare de projetar
• Desprenda-se
• Abra mão do julgamento pessoal
• Reconstrua seu corpo emocional

“A sombra nos persuadiu a culpar os outros em vez de assumir a responsabilidade. Ela nos diz que somos indignos de amor e respeito. Promove a raiva e o medo, como reações naturais à vida.”

Ken Wilber

E o meu planejamento para o ano?

Pela primeira vez iniciei pela sombra, este aspecto da minha vida, neste ano, vai ganhar prioridade.

Assista filme sobre o Efeito Sombra: 

O Efeito Sombra - Debbie Ford (legendado em Português)

Recomendamos a leitura

maria-te-viu-efeito-sombra-as-dores-da-alma
As Dores da Alma | Francisco do Espírito Santo Neto ditado por Hammed
maria-te-viu-efeito-sombra-a-pratica-da-vida-integral
A Prática de Vida Integral – Ken Wilber, Terry Patten, Adam Leonard e Marco Morelli
maria-te-viu-efeito-sombra-livro
O Efeito Sombra – Encontre o poder escondido na sua verdade | Deepak Choppra, Debbir Ford e Marianne Williamson

 

CONTE SUA HISTÓRIA PARA A MARIA TE VIU!

COMENTE

Por favor, digite seu comentário

Por favor, digite seu nome aqui