As mãos ocupadas e a mente solta!

Vagando por lugares e tempos tão distantes e ao mesmo tempo tão perto.

O coração sorrindo, elas já foram tantas.

As primeiras de super-heróis: Superman, Spider-Man, Tartarugas Ninjas, personagens sem fim…. Uma diversão comprá-las.

Rapidamente passaram a ser Bad Boy, e com atenção, pois o nome só podia ter a estampa no elástico.

E de repente não sabia mais quais seriam, claro só na hora de lavar: coloridas, modelo slip, boxer, de marcas nacionais e até internacionais.

Lindas!

De malha, tactel, microfibra e outras que nem reconheço.

E não eram mais PP ou P.

maria-te-viu-ricardo-fernando
Fernando Fischer e Ricardo Fischer em 1992

Quando viraram tamanho G?

Onde estão meus meninos, meus pequenos?

Suas gavetas não ficam mais nos armários da minha casa. Eles cresceram se foram e eu nem percebi o tempo passar.

Imaginei que o tamanho delas não era importante, que não fariam diferença em minha vida.
Ahhh como estava enganada!

Criá-los e deixá-los terem as próprias gavetas!! Hoje entendo as lágrimas nos olhos de meus pais quando fui ter as minhas novas gavetas.

E é assim mesmo, os criamos para irem mesmo? Quem disser que sim está mentindo rs.

Nós os criamos para se tornarem homens e estarem sempre por perto.

Dividindo as alegrias e as tristezas das suas vidas, nos deixando conviver com seus filhos, partilhando suas vidas, suas conquistas, segurando suas mãos em suas decepções, um porto seguro onde possam ter certeza que estaremos.

E só pedimos que indo não esqueçam que vão permanecer em nossos corações.

maria-te-viu-fernando-ricardo
Ricardo Fischer e Fernando Fischer em 2014

E que as vezes, só as vezes possamos dobrar suas cuecas!!!

CONTE SUA HISTÓRIA PARA A MARIA TE VIU!

2 COMENTÁRIOS

  1. Oi vera, lindo texto! Confesso que trouxe leveza ao peso que achei que carregava, por conta de duas crianças (uma de 2,5 anos e outro de 0,5 mês). Roupas, acessórios e brinquedos enchem minha casa e por muitas vezes quero jogar pela janela, mas ao ler seu texto me deu vontade de espalhar tudo pela casa, inclusive as fraldas kkkk. Obrigada
    Bjs

    • Oi Priscila !!
      Um prazer enorme te encontrar por aqui.
      Obrigado pelo carinho e pela mensagem, são elas que nos dão motivação para continuarmos esse trabalho que estamos fazendo com tanto amor.
      Sugestões, idéias, dicas são sempre muito bem vindas.
      Esse seu momento é complicado mesmo com uma baixinha e um recém chegado, mas espalhe tudo mesmo, pode não acreditar mas são momentos que vão estar sempre em nossos corações e nas nossas lembranças.
      Um abraço meu especial e um da Maria Te Viu!!

COMENTE

Por favor, digite seu comentário

Por favor, digite seu nome aqui